Artigos
O que escrevemos

8 Direções

Oeste

Estamos a chegar ao fim da descrição dos oito sectores cardeais, faltando então o Oeste.
O Oeste está associado ao prazer, ao romance e à colheita onde tudo o que foi semeado traz agora os seus frutos. Geralmente, os produtos colhidos têm diferentes fins em que alguns são para consumo, outros para utilização e outros ainda para comercialização. Por esta razão, este sector está também associado à gestão de rendimentos e por sua vez corresponde ao início da materialização, pois a venda dá lugar a receitas e lucros.
Numa habitação, é importante que este sector esteja harmonizado, por forma a garantir que a gestão dos seus rendimentos

Sul

Dentro de poucos dias entraremos finalmente no Verão, onde o calor e a boa disposição que de há muito se aguardam aumentam e a vontade de sair e de diversão, torna-se uma prioridade!
Esta energia de calor, de emoção, de paixão, como se os nossos sentimentos fossem explodir, está associada ao elemento Fogo.
E o Fogo, tal como o sol, ilumina as flores que desabrocham com o nascer do dia, fornece aos indivíduos a iluminação pessoal, a fama, o sucesso e o seu reconhecimento. Assim, se pretende estimular estas áreas na sua vida, pode estimular o sector Sul da sua habitação com objectos encarnados, triangulares, com velas, troféus, diplomas, entre outros. Note-se que esta sugestão é de cariz geral.

Sudoeste

Estando nós no mês de Maio e ser neste mês que se comemora o dia da Mãe, nada mais indicado que abordar este mês o Sudoeste, pois é a energia deste sector a que melhor reflecte a sua energia, aquela pessoa que se dedica incondicionalmente à sua família e aos outros. Por esta razão, esta energia simboliza a receptividade, os relacionamentos e de certa forma o amor.
O elemento associado a este sector é o Solo (Terra), sendo o seu trigrama três linhas abertas e que se designa Kun ().

Sudeste

O “Sudeste”, tal como o sector “Este” já abordado em edições anteriores, está associado à energia árvore, uma energia de crescimento. Todavia, este crescimento não é tão acentuado e é mais harmonioso que o da energia de “Este”.

Em termos de trigrama, o “Sudeste” é representado pelo Sun, isto é, o Vento. Por sua vez, este trigrama representa a filha mais velha, cuja  natureza é mais delicada, astuta e menos agressiva do que o filho mais velho. Por isso o seu desenvolvimento é mais sereno. Contudo, as pessoas representadas por este trigrama, Vento, tanto podem ser suaves como a brisa, como violentas como um furacão. A expressão que melhor se lhes adapta é que são pessoas volúveis, que facilmente passam de um extremo ao outro!

Este

O sector cardeal “Este” está associado ao trigrama Trovão, representando o filho mais velho.
As pessoas que têm este trigrama associado, são activas, pioneiras, futuristas, que saem de casa dos pais bem cedo para ir à descoberta da vida e dos seus desafios. Se o não fizerem, poderão vir a ter, mais tarde, problemas de carácter existencial.
Sendo este tipo de energia de crescimento e de expansão, está por isso associada à família, à manhã e à Primavera, época esta em que as plantas crescem e polvilham os campos de vida e de cor.
Os novos projectos, a capacidade empreendedora, estão assim associados a este sector cardeal.

Nordeste

De uma forma geral, o Nordeste está associado à área da espiritualidade, à motivação e à materialização. É representado pelo trigrama Ken, montanha, e o seu elemento é Solo. Os sectores deste elemento representam um período de transição, neste caso,  a transição da noite para o dia. Corresponde à fase do amanhecer, antes do despontar dos primeiros raios de Sol. Na sua relação com as  estações do ano, corresponde à transição do Inverno para a Primavera. Esta fase de transição exerce significativas influências  sobre as pessoas,  sobre todos os seres vivos.

Norte

A energia do Norte está associada à estação do Inverno, onde parece que tudo acaba e ao mesmo tempo tudo renasce. Assim, esta energia está relacionada com os começos e os princípios como se de algo indissociável se tratasse, como o “yin” e o “yang”.

Sensivelmente a meio do Inverno, é o auge do período “yin”, ou seja, quando a energia está no seu ponto mais retraído antes de começar a renascer.

Noroeste

Por estarmos no Outono, este mês é dedicado ao Noroeste.

O Noroeste está associado ao elemento Metal e em termos de estações do ano representa a fase final do Outono. A sua energia é por isso uma energia descendente e de recolhimento e é nesta altura do ano que os animais e as plantas se recolhem. Uns hibernam e os segundos ficam num estado latente em que carregam baterias para depois despontarem na Primavera.
O Noroeste está também relacionado com Pai e o seu trigrama é o trigrama do Pai (Céu) respectivamente.

Em edições anteriores falámos na existência das várias Escolas de Feng Shui e ao longo das próximas edições iremos falar um pouco de cada uma.
A Escola da Bússola ou do Compasso tem como base principal o método das oito direcções e em que são considerados os quatro pontos cardeais – Norte, Sul, Este, Oeste - e os quatro pontos intercardeais – Nordeste, Noroeste, Sudeste e Sudoeste.
Segundo os orientais, o tempo e o espaço estão sempre aliados e fazem parte um do outro tal como o Yin e o Yang. Por esta razão, a cada sector estão associados trigramas, tipos de energia, elemento, características, um determinado período de tempo, uma parte do corpo, um membro da família, etc.