Artigos
O que escrevemos
E como vai ser este Natal?

Com o tempo a passar, muitos de nós têm colocado a questão:

“Como vai ser este Natal?”

“Como vamos fazer a festa da família se não podemos estar juntos?”

“E os presentes? Como os vamos comprar? E entregar?”

“E as comidas? A Ceia, como vamos fazer?”

Enfim, tem sido um desfiar de perguntas que nos têm assolado.

Mas vamos agora recuar um pouco:

Lembram-se de, em anos anteriores, terem “destilado” que estavam fartas(os) do Natal? De correr de um lado para o outro para cumprir a presença junto deste ou daquele familiar?

Da azáfama de comprar presentes e de os entregar aos destinos? E que não queria nada passar o tempo na cozinha a cozinhar ou gastar uns quantos euros em comida já feita? Pois é... Há um “ditado” que diz – “Atenção com o que dizemos porque o pensamento e a palavra têm poder” ou por outras palavras “tudo o que dizemos, pensamos e fazemos, atraímos”. Longe de mim querer dar lições de moral a alguém, porém nesta newsletter queria passar-vos duas mensagens.

A primeira para vos sensibilizar a terem pensamentos mais positivos, palavras mais amigáveis e atitudes nobres. Na prática, fazer o bem sem esperar nem receber nada em troca. A segunda mensagem que vos queria passar é uma mensagem de esperança porque na verdade, o Natal é a esperança! Este ano tem sido pautado pelo recolhimento interior, em que devemos parar para pensar no que queremos realmente para nós e para a nossa família. Digamos que chegou a altura de fazer um “reset à password” e definir algo novo.

O ano passado, na newsletter por esta altura, e também num dos vídeos do Natal do projeto digital “Casa Organizada Vida Equilibrada” incitei-vos a fazerem o Natal dos vossos sonhos, a porem de lado as adversidades, os maus humores e a aproveitarem o tempo em família, celebrar os laços e o amor, a decoração da casa e os objetos natalícios que vos trouxessem magia e alegria. Este ano, vou repetir e incitar-vos a fazerem o mesmo. Independentemente de estarem sozinhos, ou com a vossa família nuclear, ou com a vossa família toda, ou até só com amigos, façam o Natal e mantenham o seu espírito vivo! Independentemente de conseguirmos passa-lo juntos ou sozinhos, não permitam que a tristeza vos invada. Mantenham o foco na alegria, nas coisas boas, no facto de terem saúde, de estarem activos e em tantas outras coisas boas que a vida vos oferece. Desafio-vos na mesma a decorarem a vossa casa a preceito, a sentirem o seu conforto, a comprarem os presentes (com segurança claro e por isso não os deixem para a última da hora como é costume!), a cozinharem o bacalhau e os pratos tradicionais desta época permitindo o sentir dos deliciosos cheiros pelas vossas casas, a encherem os vossos corações de paz, de magia, de harmonia. Sejam criativos, inventem novas formas, mas vivam esta época!. Alguém um dia disse: “Natal é quando o Homem quiser”. Então, só temos de o fazer, juntos ou não, com mais ou menos saúde, com mais ou menos desafogo económico, mas vamos fazê-lo e trazer ao de cima tudo o que tem de melhor. Rodeie-se de boas energias e ponha-as a fluir!

Volto em Dezembro com inspirações e dicas para a Passagem de Ano! ;)

X

sofialobocera.com

No right click