Artigos
O que escrevemos
Varandas

As varandas são um aspeto fundamental a ter em conta nas nossas habitações. 

Embora seja um espaço exterior, por vezes descuidado por parte de muitos, o mesmo pode ajudar-nos a realizar vários objetivos nas nossas vidas, bem como trazer-nos bem-estar e harmonia.
Numa varanda não se pode negligenciar a proporção, não só relativamente à dimensão da mesma quando projetada, mas também relativamente aos objetos e utensílios que lá são colocados. Deve manter-se tudo em proporção. Caso tenha uma varanda pequena, pode optar por pequenos bancos com almofadinhas para criar a sensação de que tudo está no tamanho certo. Caso contrários, as pessoas vão ter a sensação de se sentirem apertadas. Portanto não sobrecarregue a sua varanda.
As cores e texturas podem ser suaves, estimulando o Yin, como por exemplo os azuis e brancos macios. Para manter o equilíbrio, acrescente algo mais Yang, com vermelhos fortes e móveis sólidos.

Evite os cantos e bordas cortantes e linhas rígidas e prefira curvas e bordas arredondadas. No caso de ter um gradeamento, pode optar por desenhos auspiciosos ao invés de outros que criam uma energia cortante e desconfortável.
Proteja-se dos olhares indiscretos com o uso de plantas altas, como por exemplo bambus, mas não exagere, caso contrário vai bloquear a entrada da luz natural. Idealmente a vista deve ser desafogada.
Escolha as plantas com cuidado, pois podem ajuda-lo a promover serenidade. Plantas com aromas calmantes podem fornecer-lhe uma sensação de tranquilidade e de paz. O uso de velas também podem ajuda-lo a criar um ambiente acolhedor e perfumado.
As plantas devem estar bem cuidadas e devem evitar-se os recipientes com águas paradas.
Por fim, pode criar pequenos recantos que ajudem a promover bons momentos com os seus entes queridos e amigos!

 

X

sofialobocera.com

No right click